TOQUE DE RECOLHER

Havia a náusea
Mijando na noite das metrópoles.
Muitos viviam de ninharias.
Black Music rolando no beco
E a mesma solidão do quarto de pensão,
Ali, dormindo na mesa do gueto.

Numa noite de muita violência,
Uma prostituta me escondeu em seu quarto.
Naquela noite,
Num inglês de mesa e cais,
Ela cantou uma canção de marinheiro
Só para me acalmar.
Eu não sabia inglês,
Porém, achei bonito.
Deitado com a cabeça no seu colo,
Bebemos o resto de estrelas
Que soçobraram em nossos copos.

As prostitutas são tão maternais
Quando a gente gasta todo o dinheiro com elas:
- Você só vai descer de manhãzinha!

Lá fora, o ar da noite respirava violência
E a polícia batia nas portas de outros quartos.

De manhã, cedinho, eu saía recomposto
Para a minha solidão.

Do livro Para Além do Peito Tatuado
Parte: A Solidão

 
Jocadeoliveira.comę 2006 All Rights Reserved.