O INIMIGO

Foi mergulhado em ondas de pavor
E ódio que o percebi, e era sólido
Sem rosto, sem voz
Talvez
Sem impressão digital
Mas sólido.
De início, um ping tão perceptível
Quanto a gota d’água caindo a milhas
(nem anos-luz seriam obstáculos).
No primeiro momento, pensei:
Virá a mim em linha reta
Ou em espirais
Virá feito as águas ou
Feito serpentes, virá
Feito um projétil ou um câncer.
Ledo engano, vã esperança…
Nunca virá porque sempre esteve aqui
Comigo em mim e
Antes de mim
E nunca irá porque estará sempre aqui
Depois de mim…

FRANCISCO CLEÓBULO TEIXEIRA