E
Eu
Pensando
Que podia
Moer
Essa máquina
Sem tua
Lubricidade

E
Tu
Pensando
Que podias
Dançar
Essa vida
Sem minha
Poesia

FRANÇA/OLINDA-PE
(AGENDA DA VIDA-2005)