IRMÃO


Um poeta,
De outra parte da galáxia,
Olhou para o planeta Terra
E viu uma estrela linda
Na sua noite.
Uma estrela azulada.
Um ponto luminoso no espaço.
Um brilho.
Uma luz maravilhosa acendendo seus sonhos.
Adormeceu, romântico,
Ignorando que a estrela que ele amava
Estava manchada de pus e sangue.

Do livro
Os Últimos Pássaros da Cidade

Jocadeoliveira.comę 2006 All Rights Reserved.