QUASE HAICAIS I

Quase Haicais, de Joca de Oliveira à venda nas livrarias: Jaqueira e Imperatriz / Centro Shopping's: Tacaruna, Recife e Guararapes).

Abissal - ouvir

PREFÁCIO

A Amiga

Ascendente

 

PÁGINA EM BRANCO

Convicto da força da ilusão,
Vi em tal poema um desafio.
Na página fiquei, horas a fio,
Em busca do meu pobre coração.

À meia-noite, chorei sobre o caderno,
E vi o meu verão tornar-se inverno,
                           E vi, no meu inverno, solidão.

Lembrei-me dela, tentei compor um verso,
Doeu-me tanto, o Tempo, e eu tropeço
Nas marcas do que restou d’uma paixão.

Aquela estrela do céu ficou calada;
Calado também ficou meu violão.

 

JOCA DE OLIVEIRA

Enigma

Depois das Cinco

Estatística

Lírio

Frustrante

Meu Poema de Inverno

Nordeste

Out

O Despencar da Lua

Para Além do Peito Tatuado

Os Últimos Pássaros da Cidade

Ruela de Praia

Os Peixes Querem Voar

Sebastião (à memória de Papai)

Pobres Bois

Sem Alexandre

Toque de Recolher

Poesia Descalça

Reforma Agrária

Um Olhar Depois da Chuva

Ressurreição

A Segunda Volta

Sangue de Índio

Descoberta

São Tantos Mares

Estrelas

 

Estilo

 

 
PESSOAS PASSARAM POR AQUI
LINKS INTERESSANTES
VARIEDADES DO POETA
 
Este link é composto de poemas escolhidos por Joca de Oliveira, basicamente de autores pernambucanos e de outros estados do Nordeste. Excepcionalmente, foram colocados poetas de outros estados da federação ou estrangeiros. Os poemas são do gosto pessoal do poeta.
 
A - B - C - D - E - F
 
G - H - I - J